24 de fevereiro de 2011

Revisitando Calabar

Tem chegado às bancas de jornais uma reedição da obra de Chico Buarque em 20 CDs. Depois da derrocada do vinil, ficou difícil ouvir essas músicas. Agora, antes que o CD desapareça, resta-nos uma chance. Estou degustando Calabar e recomendo a todos os apreciadores de Chico, ou mesmo aos que desejam conhecê-lo melhor. Nesse CD há uma pérola na faixa 10: a música "Vence na vida quem diz sim", cuja letra segue abaixo. Contudo, no CD, tal como no original, só se ouve a melodia, por obra e arte da censura em tempos de Ditadura Militar.

Vence na vida quem diz sim*

Vence na vida quem diz sim
Vence na vida quem diz sim
Se te dói o corpo, diz que sim
Torcem mais um pouco, diz que sim
Se te dão um soco, diz que sim
Se te deixam louco, diz que sim
Se te babam no cangote
Mordem o decote
Se te alisam com o chicote
Olha bem pra mim
Vence na vida quem diz sim
Vence na vida quem diz sim

Se te jogam na lama, diz que sim
Pra que tanto drama, diz que sim
Te deitam na cama, diz que sim
Se te criam fama, diz que sim
Se te chamam vagabunda, montam na cacunda
Se te largam moribunda olha bem pra mim
Vence na vida quem diz sim
Vence na vida quem diz sim

Se te cobrem de ouro, diz que sim
Se te mandam embora, diz que sim
Se te puxam o saco, diz que sim
Se te xingam a raça, diz que sim
Se te incham a barriga, de feto e lombriga
Nem por isso compra a briga
Olha bem pra mim
Vence na vida quem diz sim
Vence na vida quem diz sim

Composição de Chico Buarque e Ruy Guerra

* Letra vetada pela censura, em disco foi gravada a versão orquestral

Nenhum comentário: