15 de agosto de 2010

"Parte do segredo do sucesso desses professores é a seleção rigorosa dos candidatos, muito diferente dos concursos públicos, que falham ao medir conhecimento e habilidades práticas".

Está no site da Época (uma dessas revistelecas de enganar iludidos da classe média):

"Professores de elite"

"Um programa vai selecionar os melhores alunos das melhores universidades para dar aula em escolas públicas"

"Organização de US$ 200 milhões, a Teach for America, que já formou 17 mil professores e ajudou a melhorar o desempenho de 500 mil alunos carentes", está chegando ao Brasil para atuar na prefeitura de quem? quem? quem...?

do DUDUZINHO - o (faz de conta que é) prefeito do Rio!

Pelo programa, jovens professores recém formados serão selecionados e treinados para resolver de vez todos os problemas da educação no município do Rio de Janeiro - e por quê? Porque, como bem define a (fora-de-)Época, eles não são concursados, por isso são melhores!

Está escrito na reportagem da (segunda)Época:

"Parte do segredo do sucesso desses professores é a seleção rigorosa dos candidatos, muito diferente dos concursos públicos, que falham ao medir conhecimento e habilidades práticas. Será assim também no Brasil. Quem quiser participar terá de apresentar seu currículo escolar, uma carta de recomendação e fazer uma prova escrita. Se passar dessa etapa, enfrentará dinâmicas de grupo, entrevistas e terá de planejar e apresentar uma aula."

E sabem quanto esses jovens talentos (não-concursados) vão ganhar?

R$ 2.500,00 - isso mesmo que vc leu, com todos esses zeros: dois mil e quinhentos reais - duas vezes o inicial do concursado (que não presta!) da prefeitura. Quase CINCO vezes o inicial do recém-concursado do estado (que também não presta!)

Encare a verdade, professor (concursado): para a atual prefeitura do Rio vc não vale nada! Vc é um reles concursado mal selecionado, que não trabalha por metas e não sabe ensinar. E só programas privados, de preferência estrangeiros, pagando muito mais do que a prefeitura paga a vc (afinal, vc é apenas um concursado inútil!) serão capazes de dar jeito na educação do Rio de Janeiro.

Se vc ainda quer checar a notícia, vai lá:


E lembre-se, se algum desses excelentes-professores-não-concursados chegar em sua escola, trate-o muito bem, porque afinal de contas, ele será um "PROFESSOR-DE-ELITE". E vc é um reles, um mero, um insignificante professor concursado.

___________________

O texto acima foi recebido por e-mail. A informação pode ser checada no link indicado.

O autor deste blog destaca a seguinte frase da reportagem de Época:

"Parte do segredo do sucesso desses professores é a seleção rigorosa dos candidatos, muito diferente dos concursos públicos, que falham ao medir conhecimento e habilidades práticas".

Só mesmo na Bruzundanga o concurso público é menos confiável do que essa tal "seleção rigorosa dos candidatos"...

O perigo é se o Serra se elege. Aí essa moda pega e o ensino público vai virar cabide de emprego de gênios recém-formados.

Nenhum comentário: