14 de abril de 2010

"Afirmamos que as vítimas não são culpadas"

Luto por Niterói

Do Mandato do Deputado Estadual Marcelo Freixo - PSOL

Os desabamentos que assolaram Niterói na última semana deixaram uma situação de calamidade em toda a cidade e principalmente nas favelas e bairros pobres. As estimativas oficiais falam em cerca de 7 mil desabrigados, cerca de 160 mortos e ao menos mais 60 pessoas permanecem soterradas. Segundo relatos das diversas comunidades estes números podem ser ainda maiores, pois a defesa civil ainda não foi a diversas favelas e centenas de pessoas seguem vivendo em áreas de risco.

A grande maioria dos desabrigados ainda não teve contato com nenhum órgão público. Governantes como Lula e Sérgio Cabral dão as mesmas desculpas colocando a culpa dos desastres nos moradores das áreas de risco. Afirmamos que as vítimas não são culpadas. Os culpados são estes mesmos governantes. Aqui em Niterói, Jorge Roberto governa há quase 20 anos e sempre priorizou estar ao lado da especulação imobiliária com obras de fachada e monumentos que de nada servem à população. Enquanto isso, para infraestrutura nos bairros pobres, moradia e contenção de encostas mal sobram as migalhas. Diversas comunidades têm denunciado que haviam alertado a prefeitura sobre os riscos e esta se omitiu.

Os governantes, como sempre tem feito diversas promessas. Mas ainda não apresentaram nenhuma proposta concreta que aponte para a resolução dos problemas. Não podemos aceitar promessas vazias. Em outras áreas atingidas, como em Santa Catarina no ano passado, após a imprensa ir embora, os governantes esqueceram das suas promessas. Daqui há pouco começam as pressões para que os desabrigados deixem as escolas e as saídas apresentadas, como o aluguel social, não resolvem definitivamente o problema das moradias. Somente com a organização dos moradores das áreas atingidas e dos trabalhadores da cidade é que conseguiremos garantir um plano de abrigo imediato e moradia.

Preocupados com esta situação, moradores de 13 comunidades, sindicatos e entidades de Niterói se reuniram formando um COMITÊ DE SOLIDARIEDADE E MOBILIZAÇÃO DAS FAVELAS. E estamos todos juntos convocando um grande ato por solidariedade e garantia de moradia para os desabrigados de Niterói. Cobramos uma reunião com o prefeito nesta quinta feira às 17h:30min no prédio da prefeitura, onde apresentaremos a seguinte pauta:

-Apresentação de um plano imediato de moradia popular

-Ocupação imediata de todos os imóveis desocupados

-Inspeção imediata das áreas de risco

-Não às remoções compulsórias. Pela participação popular nos reassentamento

-Contenção de encostas imediata nas áreas de risco

-Levantamento imediato de terras e prédios públicos em Niterói

-Aluguel Social Justo!

-Acompanhamento Social das verbas e investimentos.

-Levantamento e publicização dos cadastros em programas habitacionais como Minha Casa Minha Vida. Contra o uso político!

-Corte de pelo menos 50% nos cargos comissionados e fim do Conselho Consultivo! Por mais verbas para moradia.

-Pela reabertura imediata da Emergência do Hospital Antônio Pedro!

-Indenização justa pelas casas interditadas!

SEJA SOLIDÁRIO:

POSTO PARA ARRECADAÇÃO DE DOAÇÕES NO DCE-UFF

Assinam: Comunidades do Bumba, Tenente Jardim, Garganta, Comunidade 340, Morro do Arroz,Morro da Chácara, Morro do Estado, Makenzie, Morro do Céu, Caramujo, Caixa D´água, Palmeiras,Bonfin, Jurujuba, Maceió, Associação de Moradores do Morro do Estado e da Chácara, CCOB (Centro Comunitario da Orla da Baía), ADUFF, SINTUFF, SEPE Niterói, SINDPREV-RJ, DCE UFF, Mandato do vereador Renatinho (PSOL), Mandado do deputado Marcelo Freixo (PSOL), Mandato do Deputado Federal Chico Alencar, Justiça Global, IAB LM (Instituto de Arquitetos do Brasil), IDDH - Instituto de Defesa dos Direitos Humanos, Coletivo Nós Não Vamos Pagar Nada, Coletivo Vamos à Luta

Nenhum comentário: